Alistamento Militar é unificado e passa a operar on-line

A Junta Militar de Sarapuí informa que estão abertas as inscrições para o alistamento militar em plataforma online pelo Sistema Eletrônico de Recrutamento Militar e Mobilização (SERMILMOB).

O alistamento militar acontecerá no período de 2 de janeiro até 29 de junho , agora sendo realizado via internet. Nessa nova modalidade o jovem poderá realizar o seu Alistamento Militar, utilizando computadores, tablets e aparelhos de telefonia móvel com acesso à internet, no conforto de sua residência, evitando a permanência indesejável em eventuais filas. Basta acessar o endereço: http://www.alistamento.eb.mil.br/

Informamos ainda que para realizar o alistamento 2018, o candidato deverá estar munido de CPF, endereço de e-mail pessoal e telefone para contato .

Após concluir o cadastro, o jovem receberá um número de protocolo e poderá por intermédio do site, saber se prossegue na seleção para o Serviço Militar ou se será dispensado recebendo o Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI). O próprio site dará a orientação de forma bem simples e clara.

É importante lembrar que os jovens que completam 18 anos em 2018, têm até o último dia útil de Junho para realizarem seu Alistamento Militar, após esse período será cobrada multa por alistamento fora de prazo.

O Alistamento Militar é um ato obrigatório, cujo descumprimento pode acarretar contratempos para o cidadão, como não poder tirar título de eleitor, passaporte, ingressar no serviço público ou privado, entre outros.

O brasileiro naturalizado ou brasileiro por opção deve iniciar o processo de alistamento em um prazo de 30 (trinta) dias, a contar da data em que receber o certificado de naturalização ou da assinatura do termo de opção.

 

ALISTAMENTO MILITAR 2018

Alistamento militar é unificado e passa a operar on-line

O alistamento militar das Forças Armadas passará a ser feito em uma plataforma on-line, com todas as fases de recrutamento previstas em um sistema eletrônico. Pela internet, os candidatos poderão fazer o alistamento, mas ainda permanece a opção de procurar uma Junta Militar.

Na prática, a partir de agora, o jovem não poderá mais escolher entre Exército, Marinha ou Aeronáutica, mas pode somente assinar uma das Forças Armadas de sua preferência, o que não significa que a indicação será aceita. O controle e a destinação dos recrutas competem à força para a qual forem distribuídos. Segundo a organização militar, o alistamento já era unificado e realizado pelo sistema desde 2003, porém em uma plataforma offline.

O Sistema Eletrônico de Recrutamento Militar e Mobilização (Sermilmob)  deve ser atualizado pelos órgãos militares com as informações dos jovens dispensados ou incorporados ao serviço militar. Nos municípios em que pode houver convocação para mais de uma força armada, a seleção geral é feita por comissões integradas pelos militares das respectivas forças.

O alistamento militar é um processo obrigatório em todo o território nacional. Atualmente, envolve cerca de cerca de 1,8 milhão de jovens. Desses, aproximadamente 100 mil são incorporados às Forças Armadas. Deve ser realizado por todo brasileiro, do sexo masculino, no período do primeiro dia útil de janeiro até o último dia útil do mês de junho do ano em que o jovem completa 18 anos. Sem passar por esse processo, o cidadão não consegue, por exemplo, tirar passaporte ou ingressar no serviço público.

 

Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil.