SAMU realiza treinamento para colaboradores da área da saúde

Profissionais do Serviço do Atendimento Móvel de Urgência (Samu), realizaram nesta sexta-feira (20), uma capacitação voltada para o atendimento de urgência e emergência. O curso reuniu dezenas de profissionais, entre enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutores socorristas. A iniciativa foi promovida pelo Samu em parceria com a Diretoria de Saúde de Sarapuí.

A capacitação aconteceu no CIC durante todo o dia e foi dividida em duas turmas entre aulas teóricas e praticas.

Os profissionais receberam treinamento em urgência e emergência para atendimento às solicitações via regulação médica, através do telefone 192. Após as aulas teóricas, os profissionais participaram de uma simulação, onde colocaram em prática tudo que foi estudado .

A capacitação teve como objetivo de qualificar os profissionais ao local de trabalho onde é fundamental que o profissional saiba avaliar bem cada situação para que seja feito o procedimento adequado durante o atendimento.

 

SAMU

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU 192 tem como objetivo chegar precocemente à vítima após ter ocorrido alguma situação de urgência ou emergência de natureza clínica, cirúrgica, traumática, obstétrica, pediátrica, psiquiátrica, entre outras, que possa levar a sofrimento, a sequelas ou mesmo a morte.  Trata-se de um serviço pré-hospitalar,  que visa conectar as vítimas aos recursos que elas necessitam e com a maior brevidade possível.

O SAMU 192 é um serviço gratuito, que funciona 24 horas, por meio da prestação de orientações e do envio de veículos tripulados por equipe capacitada, acessado pelo número “192” e acionado por uma Central de Regulação das Urgências. O SAMU realiza os atendimentos em qualquer lugar: residências, locais de trabalho e vias públicas, e conta com equipes que reúne médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e condutores socorristas.

O Ministério da Saúde vem concentrando esforços no sentido de implementar a Política Nacional de Atenção às Urgências, da qual o SAMU 192 é componente fundamental. Tal Política prioriza os princípios do SUS, com ênfase na construção de redes de atenção integral às urgências regionalizadas e hierarquizadas que permitam a organização da atenção, com o objetivo de garantir a universalidade do acesso, a eqüidade na alocação de recursos e a integralidade na atenção prestada.

Atualmente, o SAMU 192 atende 75% da população brasileira: 149,9 milhões habitantes, distribuídos em 2921 municípios com acesso ao SAMU 192 no território nacional. Em todo o país, o Ministério da Saúde já habilitou 2.965 unidades moveis, sendo 2.382 Unidades de Suporte Básico, 567 Unidades de Suporte Avançado e 217 Motolâncias, 9 Equipes de Embarcação e 7 Equipes Aeromédicas.